domingo, 17 de março de 2013

"Seres"

De repente, a vida prega mais uma peça...o que antes era temido e detestado, hoje é muito admirado e almejado. São sonhos que mudam, caminhos que tornam-se ultrapassados, descobertas inesperadas. O caminho nem sempre é o escolhido, e na primeira impressão parece não ser o correto. Aí a paixão acontece, em meio ao frio na barriga, ao pânico de tomar as decisões erradas. Aqueles "seres" tão pequenos e frágeis, me passam a impressão de que quebram-se ao primeiro toque. Mas para a surpresa, naquele frágil corpo, existe uma força incalculável, uma vontade de viver maior do que imaginado. Não há o que ser discutido, a paixão e o encanto por tudo "aquilo" é imediata, incontrolável e sem pretensão nenhuma.

A paixão pelo cheiro, por apenas olhar cada movimento de mãos pequeninas, cada frequência respiratória que luta contra um ventilador, cada batimento que se acelera, uma pequena resposta ao ambiente, ao mundo lá fora... um mundo inteiro a ser desbravado por aquelas mãos, por aquele corpo de aparência frágil e força incalculável. 

Num mundo real, troquei o medo pela paixão, o pânico pela admiração. Deixei de ser frágil para ter coragem suficiente. Parei para refletir sobre sonhos e escolhas, pensar  no caminho a ser seguido. Conclui que não dá para fazer muitos planos, porque a vida muda a cada dia, e cada paixão nova permite a mudança de trajeto. E hoje, só consigo pensar em trilhar um trajeto para aprender mais com aqueles "seres" pequenos. O amanhã eu deixo para amanhã.

2 comentários:

  1. Apenas incrível.....
    Houve um momento em minha vida que senti e vivi esses mesmos sentimentos...

    ResponderExcluir